Blog / Notícias, dicas e todas informações do Programa.

Açúcar branco, demerara, mascavo, de coco: afinal, qual é a diferença?

sexta-feira, 9 de março de 2018

De acordo com o a Anvisa, açúcar é a sacarose obtida da cana-de-açúcar ou da beterraba e, menos frequentemente, de outros vegetais, obtida por processos industriais adequados.

O produto pode ser classificado de diversas formas: refinado, cristal, demerara, mascavo, de coco, entre outros. Em geral, isso é feito tendo como critérios aspectos como gosto, cor e composição nutricional de cada tipo de açúcar.

Para facilitar a identificação do que pode ser mais interessante para a saúde, o Ministério da Saúde faz um alerta: quanto mais escuro é o açúcar, mais vitaminas e sais minerais ele possui, já que mais perto do estado bruto ele está.

A cor branca significa que o açúcar recebeu aditivos químicos (como o enxofre) na última etapa da fabricação, que é o refinamento. Nesse processo, além da alteração química, são perdidos vitaminas e sais minerais. É por isso que o açúcar refinado tem má fama.

O açúcar cristal, que é aquele em forma de cristais grandes e transparentes, também passa por refinamento, mas “apenas” cerca de 90% das vitaminas e minerais são retirados.

O açúcar demerara passa por um refinamento leve e não recebe aditivos químicos. Por isso, tem coloração marrom-claro e um valor nutricional mais interessante, especialmente se for orgânico.

O tipo mascavo é a forma mais bruta de extração do açúcar da cana e, como não passa por refinamento algum, é mais escuro, tem sabor mais encorpado e todas as suas vitaminas e minerais como cálcio, ferro, zinco, magnésio e potássio.

Outro tipo rico em nutrientes é o açúcar de coco, que é extraído do fluido das flores da palma de coco. Esse produto também não passa por refinamento nem sofre adulteração, então, fornece elevada quantidade de potássio, magnésio, zinco e ferro, é fonte natural de vitaminas B1, B2, B3 e B6, e tem baixo índice glicêmico, ou seja, é digerido mais lentamente.

Aviso importante: independentemente do tipo, o açúcar tem alto valor calórico e deve ser utilizado com moderação, de preferência, em preparações culinárias à base de alimentos in

natura ou minimamente processados, como os doces caseiros.

Voltar