Blog / Notícias, dicas e todas informações do Programa.

Quer servir carnes com um toque de frutas? Aqui tem as receitas!

sexta-feira, 22 de março de 2019


O Brasil possui uma enorme variedade de frutas, que podem ser mais bem exploradas na cozinha em pratos que vão além da sobremesa.

Para incentivar ainda mais o consumo diário de alimentos tão importantes para a manutenção da saúde e prevenção de doenças, o Ministério da Saúde indica algumas opções de molhos de frutas para acompanhar carnes. Aproveite as ideias para incrementar o cardápio:

Molho de acerola: no liquidificador, bata 1 copo americano de acerola com 1 copo americano de água até ficar homogêneo. Leve ao fogo por 2 minutos. Coe e volte o suco para o liquidificador com 1/2 cebola picada em cubos. Bata novamente até a cebola desaparecer. Leve novamente ao fogo com 1 copo americano de açúcar, 1 colher (chá) de sal, 1 colher (chá) de orégano, 1 pitada de louro em pó e 2 colheres (sopa) de azeite. Deixe ferver por 10 minutos. Sirva junto com a carne.

  • Molho de laranja: no fundo escuro da carne que foi preparada, acrescente 2 xícaras (chá) de suco de laranja e 1 colher (sopa) de mel. Mexa até ficar homogêneo. Adicione 3 colheres (sopa) de farinha de trigo e mexa até engrossar. Sirva com a carne.
  • Molho de manga agridoce: no liquidificador, bata 2 xícaras (chá) de manga sem a casca picada em cubos médios, 1/2 xícara (chá) de açúcar, 1/2 copo americano de água, 2 colheres (chá) de gengibre ralado, 1 colher (sopa) de hortelã picado em fatias finas, 1 colher (chá) de curry, 1 colher (sopa) de pimenta dedo de moça picada em fatias finas (sem semente), 1 colher (chá) de casca de limão ralada e 1 pitada de sal. Quando ficar homogêneo, leve ao fogo por, no máximo, 4 minutos. Sirva em seguida.

Quer preparar seu restaurante para eventos? Atenção aos tipos de serviço!

sexta-feira, 15 de março de 2019

Colocar o salão e toda a infraestrutura do restaurante à disposição para festas e eventos pode ser uma ótima maneira de aumentar os rendimentos da empresa. Para isso, é interessante conhecer as diferentes formas de serviço mais comuns e como podem se encaixar dentro da sua proposta de trabalho.

  • À francesa: é um serviço de mesa requintado e formal. A equipe de atendimento deve estar com vestimentas impecáveis, usando uniforme e luvas. Os garçons devem servir as bebidas pelo lado direito do convidado. Para as comidas, o prato principal é colocado à esquerda e o próprio convidado se serve de uma travessa.
  • À inglesa ou serviço empratado: nele, os pratos são montados em uma mesa auxiliar dentro da cozinha e chegam aos convidados cobertos ou não por uma cloche – que o garçom retira na hora de servir.
  • À americana: esse tipo de serviço também pode ser chamado de bufê ou jantar. Nele, as travessas são colocadas em uma mesa grande e as pessoas se servem. Não é obrigatório ter um garçom.
  • À brasileira: faz-se no evento o que é feito na maioria das casas brasileiras, ou seja, as preparações são postas em uma grande mesa onde os convidados estão sentados. Na ocasião, um anfitrião pode ou não servir as pessoas. Mas é importante ter um auxiliar para retirar travessas vazias e louças usadas.
  • Buffet: é um serviço mais informal em que comida é disposta em mesas em locais centrais e de fácil acesso. Os convidados irão pessoalmente até elas para se servir. Em geral, é mais econômico porque não precisa de tantos garçons.
  • Coquetel: aqui, a ideia é que os convidados possam circular livremente pelo evento, por isso, não existem mesas no local. É preciso disponibilizar vários garçons que vão servir a comida e as bebidas em bandejas. Aqui, vale ter cuidado com a escolha do cardápio: os pratos não podem demandar o uso de louças.