Blog / Notícias, dicas e todas informações do Programa.

Como evitar a superprodução e, com isso, reduzir prejuízos

sábado, 18 de novembro de 2017

O excesso de produção ou a superprodução acontece quando se produz demais ou bem antes do tempo necessário em relação ao processo seguinte ou à realidade do mercado.

Adiantar muito o trabalho, sem que o próximo processo absorva em ritmo equivalente. Produzir para fazer estoque, mesmo sem ter previsão de demanda. Exagerar na prestação do serviço, produzindo muito mais do que o cliente queria (e sem gerar sua satisfação). Todos esses são exemplos de superprodução dentro da rotina de um restaurante.

Na área administrativa, esse erro também pode acontecer, quando se produz documentos em excesso, relatórios informativos muito longos (que desestimulam sua leitura) ou há solicitação de muitas informações que não serão utilizadas, burocratizando a rotina.

A primeira consequência de uma superprodução é o desperdício, tanto de tempo quanto de recursos (materiais, insumos, equipamentos e pessoal). E isso impacta direta e negativamente na sua margem de lucro.

Para evitar esse cenário, vamos identificar as possíveis causas: capacidade excessiva de equipamentos ou de pessoal, falhas no planejamento de produção, não utilização de listas de verificação para os processos e as atividades, falta de padrão dos produtos.

Como medidas estratégicas para promover melhoria, planeje a produção conforme a demanda real (não para o estoque), utilize estatísticas de vendas, padronize algumas atividades e aplique os recursos certos, na quantidade exata, no tempo necessário e no local determinado.

Isso vai resultar em uma grande diferença não só para dinamizar a rotina da sua equipe, mas para aumentar os lucros. Faça o teste!

Voltar