Blog / Notícias, dicas e todas informações do Programa.

Como fazer o frango assado perfeito, usando o forno comum

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Antes de tudo comece elaborando a receita: ervas frescas, manteiga ou azeite são bem-vindos. Para temperar, prefira limão (perfuma a carne) ao vinagre (pode tirar a suculência).

A pele protege a carne, retendo a gordura e a umidade. Então, nunca fure o frango, pensando em agregar mais sabor. Pelo mesmo espaço por onde entram os temperos, saem os sucos, o que faz a carne ressecar.

O frango deve estar em temperatura ambiente antes de ir para o forno. Se estiver gelado, haverá choque térmico e risco de a ave queimar por fora sem cozinhar por dentro.

Preaqueça o forno em temperatura alta (200°C) e reduza o calor a 175-180°C na hora de colocar o frango. Mantenha assim até terminar o cozimento, que deve ser feito em uma assadeira proporcional ao tamanho do frango (sem sobrar muito espaço ao redor) e com as laterais baixas.

Para que o ar quente circule por toda a carne, dentro da assadeira, suspenda o frango com uma grelha ou coloque-o sobre uma camada de legumes. Aqueles mais aromáticos, como talos de salsão, cenoura e alho-poró, são interessantes.

Quer um ótimo truque para não ressecar a carne? Antes de assar, unte a ave com azeite ou manteiga, envolva em bastante papel-alumínio e regue com os sucos e a gordura da própria assadeira ou com suco de laranja.

E o toque final: depois de assado, vire o frango com o peito para baixo e deixe-o descansar por dez minutos dentro do forno, coberto com o papel-alumínio, para que os sucos concentrados nas costas voltem ao peito. E bom apetite!

Voltar