Blog / Notícias, dicas e todas informações do Programa.

Dicas práticas de como reduzir o desperdício de alimentos

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

O desperdício de alimentos custa ao Brasil quase 15 bilhões de reais por ano, o que representa 1,4% do Produto Interno Bruto (PIB). Mas, mudando alguns hábitos, você e sua empresa podem virar esse jogo.

Tudo começa pelo cardápio. Uma forma de reduzir as despesas é criar receitas que reaproveitem alimentos. Por exemplo: ao invés de jogar fora talos de legumes e verduras, por que não usá-los em uma deliciosa torta?

Procure também estudar a sua previsão de vendas. Assim, você só compra o que for necessário.

E por falar em compras, tente adquirir direto com o produtor. Os alimentos são mais frescos e o preço pode sair mais em conta.

Outra forma de diminuir o desperdício é armazenar os alimentos de forma correta. Traga os produtos que estiverem perto de vencer para a parte da frente da prateleira. Grãos e massas conservam sua vida útil por mais tempo se guardados em recipientes fechados. Já as carnes devem ir para a parte mais fria da geladeira.

E por falar em frio, lembre-se de manter a temperatura adequada da geladeira, que é de 3ºC. Já o freezer, deve marcar -18ºC.

Outra dica: coloque leite e laticínios nas prateleiras, nunca na porta da geladeira.

As frutas e os legumes devem ser higienizadas antes de guardados. Para que durem mais, os vegetais podem passar pelo branqueamento. Nesse método, eles são fervidos e, depois, colocados em uma vasilha de água gelada.

Lembra das receitas reaproveitáveis? Use a criatividade para tentar o mesmo com alimentos próximos de vencer. Legumes podem completar uma sopa e o pão do dia anterior pode virar torrada.

Consumo consciente: responsabilidade social e cuidado com o meio ambiente!

Fonte: Sebrae SP, 2017

Voltar