Blog / Notícias, dicas e todas informações do Programa.

O que você sabe sobre os alimentos consumidos nas festas de final de ano?

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

shutterstock_214820488

As festas de final de ano estão chegando e com elas as ceias, cheias de alimentos deliciosos como os assados, petiscos, farofas, sobremesas e claro, as bebidas. Mas, você não precisa consumir tudo em grandes quantidades! Coma de tudo um pouco para evitar a má digestão e os terríveis quilos a mais.

As entradas e os tradicionais petiscos são muito bem-vindos, mas evite frituras, queijos gordurosos e embutidos. Comece com uma salada verde com vegetais frescos e lascas de castanhas. A preparação é rica em fibras, que ajudam a diminuir a fome e a absorção de gorduras. Acrescente frutas secas como uva-passa, damasco e tâmaras, por exemplo, pois esses alimentos contêm grandes quantidades de sais minerais e vitaminas importantes para diminuir o apetite, fortalecer a imunidade e combater os radicais livres. E, para finalizar esta deliciosa salada, prepare um molho natural à base de limão, azeite de oliva e ervas frescas.

O prato principal pode ser composto por carboidratos e proteínas (animal e vegetal). Que tal trocar o arroz branco por um arroz integral com quinoa ou um arroz sete grãos? Coloque castanhas, uva-passa, cenoura ou outros vegetais de sua preferência para deixar a preparação mais saudável. Claro que ninguém vai comer feijão na ceia, mas é importante ter ao menos uma leguminosa. As mais tradicionais são o grão-de-bico e a ervilha, assim como a lentilha, que faz parte das tradições do Ano Novo.

Você pode fazer uma salada de grão-de-bico com tomates frescos, cebola e pimentão. A ervilha combina muito com risotos e a lentilha pode ser servida em forma de salada ou cozida da forma tradicional. Se a farofa é indispensável, lembre-se que ela é um carboidrato, então divida a espaço do arroz e coloque uma porção de farofa. Lembre-se ainda de não preparar essa delícia com bacon, linguiça ou outros alimentos gordurosos. Farofa de banana, por exemplo, fica uma delícia!

E agora chegou a hora das carnes! Uma mais gostosa que a outra, mas cuidado para não exagerar! Peru, chester e o lombo de porco são opções saudáveis, desde que preparados sem adição de gordura. Retire a pele das aves, que é rica em colesterol e dispense a gordurinha do porco. Faça molhos com iogurte, limão e azeite de oliva para colocar em cima. O bacalhau também faz parte da ceia de algumas famílias, mas o cuidado na preparação também é importante. Lembre-se que a quantidade ideal é aquela que cabe na palma da sua mão. Use ervas frescas e condimentos como alho, cebola, cheiro verde, pimenta vermelha e o suculento limão para deixar suas carnes mais saborosas e nutritivas.

As bebidas também fazem parte das comemorações, entretanto são calóricas e afetam a digestão. O ideal é não abusar. O suco de uva natural, vinho e champanhe são boas opções, uma vez que possuem polifenóis e resveratrol, potentes antioxidantes que combatem o envelhecimento precoce das células. Mas lembre-se, uma taça de vinho para as mulheres e duas para os homens, e claro, que se for beber, esqueça o carro!

Obviamente que não nos esquecemos da sobremesa, afinal é quase impossível encerrar a ceia sem um doce. Aproveite a fartura de frutas que há nessa época do ano e coma uvas, ameixa, cereja, nectarina, etc. Estas, além de vários benefícios,  ainda ajudam a diminuir a vontade de devorar algo cheio de açúcar. E se caso optar por um doce, saiba que eles também podem ser saudáveis, apenas prepare receitas mais suaves, sem muito açúcar, gordura, creme de leite e leite condensado. Um pedaço para encerrar sua ceia está liberado!

O importante é saber que é possível deixar a ceia mais saudável com pequenas mudanças.

Voltar