Blog / Notícias, dicas e todas informações do Programa.

O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional?

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

As leis que regulamentam as informações das tabelas nutricionais dos rótulos dos alimentos estão cada vez mais rigorosas. Tudo para que a composição dos produtos fique o mais claro possível para o consumidor, que, assim, tem maior autonomia para fazer suas escolhas. Aqui, explicamos um pouco do que significam os itens que são obrigatórios na tabela:

Valor Energético

É a energia produzida pelo nosso corpo proveniente dos carboidratos, proteínas e gorduras totais. Na rotulagem nutricional, o valor energético é expresso em forma de quilocalorias (kcal) e quilojoules (kJ). O quilojoule (kJ) é outra forma de medir o valor energético dos alimentos, sendo que 1kcal equivale a 4,2kJ.

 

Carboidratos

São os componentes dos alimentos cuja principal função é fornecer a energia para as células do corpo, principalmente do cérebro. São encontrados em maior quantidade em massas, arroz, açúcar, mel, pães, farinhas, tubérculos (como batata, mandioca e inhame) e doces em geral.

 

Proteínas

São componentes dos alimentos necessários para construção e manutenção dos nossos órgãos, tecidos e células. Encontramos nas carnes, ovos, leites e derivados, e nas leguminosas (feijões, soja e ervilha)

 

Gorduras Totais

As gorduras são as principais fontes de energia do corpo e ajudam na absorção das vitaminas A, D, E e K. As gorduras totais referem-se à soma de todos os tipos de gorduras encontradas em um alimento, tanto de origem animal quanto de origem vegetal.

 

Gorduras Saturadas

Tipo de gordura presente em alimentos de origem animal. São exemplos: carnes, toucinho, pele de frango, queijos, leite integral, manteiga, requeijão, iogurte integral. O consumo desse tipo de gordura deve ser moderado porque, em grandes quantidades, pode aumentar o risco de desenvolvimento de doenças do coração. Alto %VD significa que o alimento apresenta grande quantidade de gordura saturada em relação à necessidade diária de uma dieta de 2000Kcal.

 

Gorduras Trans ou Ácidos Graxos Trans

Tipo de gordura encontrada em grandes quantidades em alimentos industrializados como as margarinas, cremes vegetais, biscoitos, sorvetes, snacks (salgadinhos prontos), produtos de panificação, alimentos fritos e lanches salgados que utilizam as gorduras vegetais hidrogenadas na sua preparação. O consumo desse tipo de gordura deve ser muito reduzido, considerando que o nosso organismo não necessita desse tipo de gordura e ainda porque, em grandes quantidades, pode aumentar o risco de desenvolvimento de doenças do coração. Não se deve consumir mais que 2g de gordura trans por dia. Curiosidade: o nome trans é devido ao tipo de ligações químicas que esse tipo de gordura apresenta.

 

Fibra Alimentar

Está presente em diversos tipos de alimentos de origem vegetal, como frutas, hortaliças, feijões e alimentos integrais. Sua ingestão auxilia no funcionamento do intestino. Procure consumir alimentos com alto %VD de fibras alimentares!

 

Sódio

Está presente no sal de cozinha e alimentos industrializados (salgadinhos de pacote, molhos prontos, embutidos, produtos enlatados com salmoura) devendo ser consumido com moderação uma vez que o seu consumo excessivo pode levar ao aumento da pressão arterial. Evite os alimentos que possuem alto %VD em sódio.

Voltar