Blog / Notícias, dicas e todas informações do Programa.

Troca esperta dos ingredientes: como preparar uma feijoada light!

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

shutterstock_204346063

Alguns pratos são mais incrementados e calóricos, mas nem por isso eles não devem ser consumidos. É possível prepara-los de maneira mais saudável.

A feijoada, prato típico brasileiro e conhecidamente gorduroso, pode ser mais nutritiva, por exemplo.

Comece pela couve. A verdura é rica em cálcio e é importante fonte de ferro e vitaminas. Em vez de fritá-la é possível preparar o alimento no vapor. Com pouco tempo de cozimento os nutrientes são preservados e o acompanhamento fica mais crocante. Acrescente ainda uma pitada de sal e um fio de azeite para deixa-la mais saborosa.

O bacon agrega muito sabor ao prato, mas tem alto teor de gordura saturada. Para substitui-lo escolha opções mais saudáveis e igualmente saborosas como o peito de peru light e a ricota defumada. Ambos contêm pouca gordura e um teor menor de sódio.

Os cortes suínos da feijoada são bastante gordurosos, mas não necessariamente mais saborosos. O prato pode ser preparado com filé mignon ou lombo suíno, dois cortes que têm bem menos gordura em comparação à costelinha e às linguiças.

Tempere a carne com temperos naturais e leves, como o limão, pimenta e sal rosa. Eles são mais saudáveis e deixam as carnes com um perfume de dar água na boca.

Para preparar uma farofa bem saborosa use alho, cebola, ovos, milho verde, azeitonas e ervas frescas. Os ingredientes deixam a mistura mais saborosa e mais leve do que as farofas tradicionais, feitas com bacon e linguiça e, portanto, extremamente ricas em gordura e sódio. Lembre-se de que a farofa também é uma fonte de carboidrato, portanto ela deve ocupar, junto com o arroz, apenas ¼ do prato.

Evite acrescentar sal a suas preparações. O tempero em excesso é prejudicial à saúde e pode provocar doenças cardiovasculares graves, como a hipertensão.

Para substituir o arroz por uma opção mais saudável experimente o arroz integral. Ele é muito mais rico em nutrientes e fibras, o que traz benefícios à saúde.

E quem disse que não há lugar para legumes frescos em um prato de feijoada? Vegetais como vagem, cenoura e brócolis podem ser refogados com um fio de azeite e acompanhar as outras preparações. Os legumes agregam fibras à refeição, o que ajuda a promover a saciedade e o bom funcionamento do organismo.

Equilibre as quantidades de cada alimento e evite o consumo de bebidas durante a refeição, pois isso evita a distensão abdominal e a má digestão dos alimentos.

Para a sobremesa, prefira uma fruta. A laranja é curinga, pois além de hidratante e refrescante ela é boa fonte de vitamina C, que auxilia na absorção do ferro presente nas carnes, na couve e no feijão.

Não é preciso abandonar seu prato favorito. Apenas cuide da sua alimentação, pois assim você estará cuidando da sua saúde e do seu coração!

 

 

Voltar