Vantagens e Benefícios

Estabelecimento comercial que participa do Prato Legal tem uma série de vantagens e benefícios!

Milhões de trabalhadores têm acesso às refeições em estabelecimentos comerciais, por meio de cartão ou voucher refeição, e é cada vez maior a preocupação em ter refeições saudáveis fora do lar.

Portanto, quem participa do Prato Legal possui uma série de vantagens e tem a oportunidade de atender a um consumidor cada vez mais exigente e consciente de seus direitos.

Faça seu cadastro agora mesmo

Vantagens e benefícios

Suporte com nutricionistas
Uma equipe de nutricionistas disponível para responder dúvidas em até 48 horas.
Dicas para o seu estabelecimento
Acesse diversos conteúdos com dicas práticas para tornar o seu estabelecimento ainda mais saudável. Informações sobre compras, armazenamento e muito mais.
Adequação ao PAT
Confira dicas importantes de como adequar as refeições que o seu estabelecimento serve às exigências estabelecidas pelo PAT.

Dúvidas frequentes – Para o estabelecimento

  1. O Prato Legal é gratuito?
    Sim! O Prato Legal é um programa completamente gratuito, uma iniciativa da ABBT para os estabelecimentos credenciados às empresas de refeição convênio associadas, que se estende à população em geral. Trata-se de uma iniciativa permanente de assistência e orientação aos estabelecimentos credenciados. Uma atividade de duração continuada inserida no contexto de conscientização e de educação alimentar, direcionada a trabalhadores e que envolve a divulgação sobre métodos de vida saudável.
  2. Quais as vantagens para os restaurantes que participam do Prato Legal?
    A preocupação com uma alimentação saudável é compromisso de todos. Não basta oferecer produtos de qualidade, é preciso fornecer ao trabalhador, que frequenta diariamente os restaurantes, opções saudáveis em todas as refeições, de acordo com o que estabelece o Programa de Alimentação do Trabalhador – PAT.Além disso, a alimentação fora do lar cresceu nos últimos anos e os estabelecimentos comerciais que participam do Prato Legal estão cumprindo um papel social ao promoverem ativamente a conscientização dos consumidores sobre uma alimentação saudável.

    Portanto, além de atender às normas do PAT, o estabelecimento comercial que participa do Prato Legal e disponibiliza, em local visível, um cardápio saudável diário, tem a oportunidade de atrair mais clientes, principalmente àqueles que se preocupam em alimentar-se de forma equilibrada também fora de casa.

  3. Por que a ABBT decidiu lançar o Prato Legal?
    A ABBT, que congrega as empresas de refeição e alimentação convênio, tem como objetivo a busca constante pelo fortalecimento e aprimoramento da atividade de suas associadas no que se refere notadamente ao disposto no Programa de Alimentação do Trabalhador – PAT, programa oficial de incentivo à alimentação no ambiente de trabalho. Instituído em 1976, o PAT se mostra atual quando observadas as preocupações e reflexos da alimentação saudável na saúde do trabalhador.Atualmente, observa-se o aumento do número de pessoas que comem fora de casa, o que desperta a atenção tanto para as carências, quanto para os excessos da alimentação. Pesquisas do Ministério da Saúde mostram que o consumo de verduras, frutas e legumes no Brasil está abaixo do padrão recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e o consumo de produtos ricos em gordura, açúcar e sódio está acima da recomendação.

    Dessa forma, a ABBT promove o programa Prato Legal na conformidade do PAT, em um contexto que abrange a divulgação sobre métodos de vida saudável, entre eles a alimentação, para reforçar a importância deste pilar na saúde do trabalhador. Divulgar informações que incentivem uma alimentação saudável é fundamental e o ambiente de trabalho é um local muito favorável para a promoção de bons hábitos, principalmente no que se refere à educação alimentar.

    O Prato Legal se insere neste contexto, buscando fortalecer a interação entre os lados da procura e da oferta de refeições saudáveis pelos estabelecimentos comerciais, com foco no dia a dia de trabalho. É um canal de informação que visa contribuir para as melhores escolhas alimentares, levando em consideração os parâmetros nutricionais previstos no PAT.

  4. Por que os estabelecimentos comerciais devem oferecer opções de refeições saudáveis?
    Os restaurantes precisam estar atentos aos movimentos da sua clientela, do seu negócio. O número de pessoas que comem fora de casa é crescente, principalmente nos grandes centros urbanos. Aliado a isto, aumentam os movimentos em torno da necessária atenção às questões voltadas à segurança alimentar e à nutrição saudável.O PAT indica parâmetros nutricionais para quem participa do programa. Todo este contexto representa uma oportunidade e, sobretudo, uma indicação de responsabilidade social por parte dos restaurantes. A oferta de pelo menos uma opção de cardápio nutricionalmente equilibrado, por parte dos restaurantes, se constitui em valiosa contribuição para a saúde do trabalhador e para a valorização do negócio.
  5. Ao participar do programa Prato Legal, a que tipo de suporte e serviços o restaurante tem acesso?
    O restaurante terá acesso a uma ferramenta para construir os cardápios (almoço ou jantar), que leva em consideração a sazonalidade, a regionalidade dos produtos e os grupos de alimentos. Por meio de informações e dicas, o Prato Legal também oferece orientação para cardápios de refeições menores, como o café da manhã.Além dessa ferramenta, que pode ser usada no dia a dia para auxiliar na elaboração do Prato Legal, o programa oferece conteúdos exclusivos para estabelecimentos comerciais conveniados ao sistema de refeição convênio. Após o cadastro no Programa, é possível ter acesso ao suporte com nutricionistas, à adequação às normas do PAT, orientação, dicas sobre compras, preparo, armazenamento e higienização dos alimentos.
  6. Como o restaurante realiza o contato com as nutricionistas?
    Para obter esse benefício exclusivo, o estabelecimento comercial deve fazer o cadastro. Quando estiver na área logada, basta clicar no menu lateral em “Fale com uma nutricionista” e deixar o comentário. A resposta será dada em até 48 horas. Esta orientação é genérica e não substitui uma consulta com um nutricionista.
  7. Como eu uso a ferramenta do Prato Legal?
    Levando em consideração que o PAT indica que a refeição principal deve conter entre 600 e 800 calorias e os grupos alimentares que compõem a pirâmide alimentar, é possível montar uma grande variedade de refeições saudáveis (almoço ou jantar), por meio da ferramenta “Crie um Prato Legal”, um benefício inovador para os participantes. Esta orientação é genérica e não substitui uma consulta com um nutricionista.A ferramenta conta com inúmeros alimentos e combinações. Você pode escolher os alimentos e preencher o prato de acordo com os grupos alimentares. Ao final, é possível salvar o cardápio, que traz todas as informações nutricionais necessárias, em formato PDF. Além de salvar o arquivo, é possível imprimi-lo.
  8. Como posso entrar em contato com o Prato Legal?
    Envie um email para contato@pratolegal.com.br. Teremos prazer em falar com você!

Dúvidas frequentes – Para o consumidor

  1. O que é uma alimentação saudável?
    O ser humano necessita de cerca de 40 nutrientes todos os dias para manter a saúde em dia. Para obter esses nutrientes é preciso comer os alimentos certos, na quantidade correta. Isso quer dizer que é preciso comer de forma balanceada, seguindo os grupos alimentares e suas respectivas quantidades.Cada alimento tem seu papel no organismo. Os carboidratos fornecem energia, a proteína ajuda a construir e a reparar tecidos, vitaminas e minerais servem para reforçar o organismo e ajudam no funcionamento do corpo humano. Portanto, quem come de maneira saudável e equilibrada, consequentemente tem mais saúde, peso adequado, menos risco de desenvolver diabetes, pressão alta e colesterol alto, principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares.
  2. Por que o Prato Legal é importante para mim, trabalhador?
    O Prato Legal tem como objetivo influenciar positivamente a oferta de alimentos saudáveis nos estabelecimentos comerciais que participam do PAT. Isso impacta diretamente no trabalhador que se alimenta fora de casa e paga as refeições com o cartão ou voucher refeição, uma vez que tem assegurada uma opção diária de uma refeição saudável, de acordo com as exigências do PAT. Com isso, o poder de decisão do consumidor se amplia, uma vez que o Prato Legal também é um importante canal de informação e de educação alimentar.
  3. Como eu monto um Prato Legal?
    A metodologia da montagem do Prato Legal leva em consideração os grupos de alimentos que compõem a pirâmide alimentar e suas respectivas quantidades, de uma maneira prática e visual. Veja como montar o seu:- Preencha metade do prato com verduras e legumes
    – Coloque ¼ de carboidratos (arroz, macarrão, batata)
    – No ¼ restante, divida em dois e coloque uma porção de proteína animal e uma porção de proteína vegetal (feijão, lentilha, grão-de-bico, etc.)
  4. Como posso entrar em contato com o Prato Legal?
    Envie um email para contato@pratolegal.com.br. Teremos prazer em falar com você!