Blog / Notícias, dicas e todas informações do Programa.

Como identificar e atingir o público-alvo do seu negócio

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Determinar um público-alvo é um dos fatores determinantes para o sucesso de qualquer negócio, e um restaurante se inclui nisso de forma particular.

Isso porque, ao contrário do que parece, vender comida não é algo que atrai as pessoas de forma indiscriminada. Há quem se identifique e quem não se identifique com a sua proposta, e saber quem se identifica é o “pulo do gato” para ser bem-sucedido.

Não tente agradar todo mundo

Esse é um dos maiores erros de quem atua no ramo alimentício. Existem diversos perfis de clientes dentro do universo de quem costuma comer fora de casa, e cada perfil tem um tipo de comportamento e necessidade.

Ainda que você queira atingir apenas uma pequena parcela desse público, é nisso que deve concentrar os seus esforços e direcionar suas estratégias.

Se você ainda não conseguiu identificar o público-alvo do seu restaurante, veja a seguir uma breve descrição dos principais grupos e questione suas ações para agradar a essas particularidades. Vai valer a pena!

Principais consumidores do ramo alimentício

• Nascidos logo depois de 1945: são pessoas que estão se tornando avós e preferem restaurantes mais familiares, com ambiente amigável, pratos mais refinados, de boa qualidade. Não costumam orientar suas escolhas pelos preços no cardápio.
• Geração X: também é um grupo que preza pelos valores familiares, então, vai em busca de estabelecimentos que favoreçam o bom relacionamento com os filhos. O que muda um pouquinho aqui é a questão do preço: essas pessoas vão buscar a combinação “bom, bonito e barato”, de preferência em lugares que ofereçam refeições completas ou tenham serviço de bufê.
• Pais com filhos morando fora: são as pessoas com idade entre 50 e 64 anos, com alta renda, e que não estão dispostos a economizar. Assim, buscam restaurantes mais elegantes e sofisticados.
• Idosos: querem restaurantes mais familiares, que oferecem um serviço bom a um preço razoável. Um cardápio mais enxuto e com porções menores pode agradar em cheio esse público. Lembre-se, também, de que o acesso ao salão deve ser facilitado.
• Geração Y: é um grupo bastante amplo e com gostos muito variados, por isso, vale apostar em um formato inovador de serviço. Fast-food e atendimento agilizado, além de facilidades como wi-fi no local, contam pontos a favor.

Voltar